segunda-feira, 28 de junho de 2010

PARTIDA

(Manuela Barradas)

"As lembranças, não lembro mais
Inquieto, enfim, meu peito sente paz
Bem dizer a euforia de um novo amor
No tão belo jardim, mais uma flor

Segredos já não temos
Nossos signos fazem par
As emoções perdem o tino
E assim me dano a sonhar

No entanto, meu pranto rola
Vai entender tamanha contradição
Com o coração preso numa gaiola

É que não posso com os pés no chão
E morre mais uma flor no meu jardim
Pois o que não teve início, fim"

2 comentários:

Fernanda Barradas disse...

Coisa mais linda de mãe!!
=********

Rafael disse...

Arretado!

Postar um comentário

Obrigada pelo comentário. É sempre uma honra lê-lo!!

250x125 Ads1